Páginas

Azuis


Azuis

Diante dos seus olhos
Vejo o mar passar
O céu ficar limpo
Sem nuvens no ar.

Diante da sua boca
Vejo lábios  se mexerem
Palavras esquecidas
Sorrisos aparecerem.

Seus olhos, sua boa
Me levam para a confusão
Me dominando, me esquecendo
Eu sempre perco a razão
Por que você consegue parar o tempo
Meus olhos vidraram nos seus.

Seu sorriso ilumina me deixa sem reação
Suas mãos me guiam sempre pela escuridão
Eu vejo sonhos, desejos, amores e medos
Dentro do seu coração.

Se existem mascaras eu as vejo
Transparentes em você 
Sua alma irradia tudo o que 
você pode ser.

Seu verdadeiro eu me faz perceber
Que não estou errada.
A cada coisa que diz, fico feliz
Por  não perceber ....

Que são seus olhos, sua boca
Que me prendem em você.
Sorrisos instigantes me fazem perceber
Que nessa cena minha vergonha vai transparecer
E nada é tão irresistível quanto estar com você.





Demons

Demons

Se são vultos que os olhos vêem
Se são ilusões que a mente cria
Nada faz com que desapareça
Esta luz as vezes não erradia

Se estão do lado a te guardar
E a sua frente se você errar
O horror pode estar a caminho
Pense melhor antes de ficar sozinho.

Esses são apenas os seus demônios
Suas duvidas e incertezas
Aquilo tudo que você não acredita
Pode estar sentado na sua mesa

Se a alma esta vazia
E todas as luzes do seu dia
Não clareiam a sua vida
Prepare para corrida
Eles vem em seguida.

Esses são apenas os seus demônios
Suas duvidas e incertezas
Aquilo tudo que você não acredita
Pode estar sentado na sua mesa

Era ele, não era ele ... eis a questão!

Me apaixonar é algo raro hoje em dia se eu for lembrar do passado onde bastava ser belo e meu coração já pulsava. Reparei que agora  não basta ter beleza, então as coisas ficaram um pouco mais complicadas nessa área.
   Havia um post aqui no blog, mas ele era para maiores de 18 anos, e pra eu colocar algo assim aqui deveria trocar a classificação dele então eu deixei essa postagem no rascunho, caso algum dia eu queria voltar com ela pro blog. Essa postagem fala justamente do cara por quem eu me apaixonei e devida a tantas coisas e ao curtíssimo romance (que só tem na minha cabeça), hoje não nos falamos já que ele mesmo prefere por causa de problemas pessoais.
  Fui eu e uma amiga que mora comigo aqui no apê almoçarmos fora, contente que ia sair para entregar meus currículos nos lugares onde eu já havia visto, quando entramos no restaurante e ao ir colocar minha bolsa na cadeira já que era comida a quilo me deparei com um rapaz. Não sei dizer se era ele, mas seus olhos também fixaram nos meus. Eu tremi feito uma vara verde, comecei a suar e a ficar meio nervosa. Coloquei minha bolsa e fui pegar a comida, pensando se era realmente ele que estava ali e acompanhado (mesmo que de começo não parecesse ser uma namorada). Então minha amiga sentou primeiro na mesa só que não na minha frente e sim na cadeira ao lado. Como eu estava nervosa e quando fui me sentar vi ele olhando para mim logo à pedi para fazer isso. Tremendo e com uma imensa vontade de chorar e fiquei o observando discretamente e nossos olhares sempre se cruzavam. Cheguei a pegar a mulher ao lado dele olhando para mim. Foi ai que comentei com a Mari, " Sera que é ele, por que é muito igual". Não fique se perguntando como não o reconheceria, pois nós tivemos apenas uma noite para nos conhecermos e nos curtir e assim ele me deixou encantada. Nesse instante eu descobri que sim eu realmente gosto dele, que sou apaixonada. E mesmo que fosse outro cara, super ultra parecido com ele ainda sim a imagem era pra ele, como se fosse ele.
   Saímos do restaurante e fomos pagar a conta de luz, quando me deparo com ele e a mulher sentados na praça aqui no centro da cidade, fiquei observando e ele me viu novamente. Me olhou, eu estava convicta que era ele e aquilo me fazia ficar mais nervosa ainda. Cheguei a atravessar a rua e pensar em sentar em um dos bancos da praça só para observar. Ele estava lá com ela, beijando. Mas eu tinha que manter o foco no que eu ia fazer hoje ( entregar currículos e nada mais). Foi aí que quando atravessei e fui para a outra calçada ele passa na minha frente correndo, o que me fez de imediato parar e observar. Não era ele, mas era igual! E mesmo que não fosse, seu olhos me transmitia algo que me deixou encantada mas não com ele, e sim com o fato dele ser o meu novo amor (talvez). 

- só mais uma de amor.

É apenas mais uma de amor, apenas mais " Would you bring me back to holding hands in the rain, I swear I'd ease your pain".Onde sentimentos são aflorados para compor belas canções, para fazer a adoração do amor desejado. Talvez ele não seja correspondido, talvez ele seja solitário, mas algumas pessoas gostam de senti-lo da mesma forma. Acredito que todos, homens e mulheres, mesmo que alguns achem meloso demais, eu tenho certeza que beijar na chuva, palavras sinceras e encantadoras transformam um coração.   Fico pensando aqui na amor perfeito, o amor em si é perfeito mas existem coisas que muitas vezes não nos agrada. Digo, perfeito pelo fato de misturar tantos sentimentos, tantas sensações e ser descrito apenas como "AMOR". Estou desejando, na verdade mais do que isso, as vezes até rezo, as vezes peço a qualquer um dos deuses de deus, não me importa que me mande o merecido para ser feliz. Eu respiro amor, exalo amor, necessito do amor. É tão complicado!"I'm the girl, I can make you smile ...And I promise to be true... Give it all... Give until there's nothing left to lose." É nisso em que eu penso sempre em que encontro um amor, uma paixão, alguém que exala o melhor  que eu possa oferecer. Me pergunto se algum dia eu poderia achar alguém que pensasse assim como eu. Posso parecer chata, mas penso tanto sobre isso. Quando se necessita do amor para dar sentido a vida, para dar emoção tudo fica vazio se ele não acontece. Eu fico vazia, eu fico sem inspiração, fico sem motivação, sempre foi ele que fez com o que eu reagisse e sempre foi a válvula de escape para talvez as melhores e mais sinceras palavras, e hoje chego a conclusão que não foram os caras que me fizeram ficar mal, triste e sem vontade de continuar, era apenas a tristeza de não ter dado certo e eu não poder senti-lo mais. Então hoje eu amo o amor e todos os outros sentimentos que ele traz consigo.

Quando pensam que você é uma maluca...

Não posso mentir que esse rotulo "maluca"sempre esteve na minha vida. Isso desde antes da adolescência. Lembro claramente de alguma amiga ou colega dizendo que eu tinha as respostas na ponta da língua, o que de certa forma naquela época não se tinha muitos problemas e tudo era mais fácil de dar uma solução, mesmo que momentânea.
  Sempre fui do jeito de pessoa que fala demais, demais até pro meu gosto, pois as vezes paro pra refletir e logo me vem a mente o porque de não ter ficado calada. Enfim, muitas vezes creio eu que assusto as pessoas. Acho que a primeira vista se eu não abrir a boca vão logo pensar que um guria diferente da que realmente sou, e o pior que antes eu era totalmente diferente do que sou hoje.
  Uma coisa que eu sei que não mudou em mim foi o fato de sempre ter uma opinião e ainda ser uma tagarela, mas em muitas coisas o modo de pensar mudou radicalmente. Creio eu que seja uma evolução, bom, prefiro acreditar que seja já que me sinto feliz assim.
  O fato de ser "maluca" transparece nas amizades que tenho que normalmente são pessoas opostas a mim, e assim mantenho um equilíbrio para mim e para eles.
   Bêbada, todos  que convivem comigo sabem que liberto todas as minhas loucuras e sou ainda mais depravada do que o normal. Minha falta de vergonha na cara fica extrema e o que tiver de ser feito será, ainda mais se alguém me quiser me colocar a prova de algo, faço sem a miníma vergonha.
  Eu escolhi ser dessa forma, pois me sinto livre, sinto que posso ser eu sem ter que medir palavras apenas para agradar alguém. Eu digo que se uma pessoa me conhecer, ou ela irá me amar e seremos amigos ou ela irá me odiar e não seremos nada. É o típico 8 ou 80 não tem como ser meio termo. Por mais que em algumas situações  eu não seja apropriada, para outras me encaixo perfeitamente.


Enfim, antes maluca do que censurada.

Desabafando.

Um belo desabafo meu não está em ficar choramingando com ninguém, eu prefiro escrever, eu prefiro me encontrar nas palavras, pois assim eu sei que estarei colocando de fato toda a verdade.
  Tenho levado uma vida bem diferente da que eu acreditava a uns 5 anos atrás. Não me arrependo da mudança, creio que amadureci em relação as pessoas e até a eu mesma, mas sofro um grande problema, a falta de adequação das pessoas. De uma certa forma eu acho que estou indo por um caminho onde poucas pessoas entenderiam ou não fazem questão de entender justamente por causa da própria sociedade ditar as regras de comportamento. Lembro da minha visão limitada de ter obrigação de julgar uma mulher geralmente por ser "saidinha" e obedecer os seus extintos enquanto os homens eram vangloriados pelos mesmos atos. Injusto! Passei a ter mais interesse pela minha vida de uma forma em que eu me visse feliz do que julgando as pessoas para me sentir "feliz". Eu demorei 19 anos pra saber o que é sexo, acho que quando uma mulher descobre realmente o que o sexo influencia na vida dela, creio que a visão do puritano muda. 
  A minha mudou completamente, primeiro veio a aceitação de que eu realmente gostava de sexo e gostava muito. Mas como fazer  pratica-lo sempre sem ser chamada de "puta, piranha, vagabunda" ... Não, não  namorar não é a questão, bom, para mim namoros são complicados e não sei lidar com pessoas que queiram mandar na minha vida. Nunca me vi em um namoro onde eu tenha que parar de fazer as coisas que gosto, de ter que mudar meu jeito e na maioria das vezes as atitudes só para não contrariar alguém, acho desnecessário. Se está comigo me aceite assim como sou, eu não quero mudar ninguém e não quero ser obrigada a fazer isso por que estou apaixonada. Mas voltando ao sexo, namoro só funcionaria se a pessoa tiver a mesma visão que a minha e isso para mim é muito complicado, as pessoas ainda acham que mulher santinha é somente a que serve para namorar.
  Como hoje tenho 22 anos e algumas coisas mudaram, não é querendo julgar os homens mas acho que qualquer mulher independente dela ser uma pessoa resolvida sexualmente ou acanhada sobre esses assuntos ela deve sim ser respeitada, mas normalmente isso não acontece. Eu gosto de sexo, falo abertamente sobre isso com meus amigos sejam homens ou mulheres, esconder certas coisas só lhe da o direito dos outros julgarem com mais repressão.  O que eu quero fazer as pessoas entenderem é que não é só sexo que a nossa vida é resumida, não pensamos nisso 24 horas, temos milhões de outras necessidades, trabalhamos, estudamos, somos amigos, gostamos de nos apaixonarmos e estarmos com quem gostamos sentimentalmente e muitas vezes pessoas assim são mais abertas e menos retalhadoras. Afinal, somos criaturas cheias de vontades e desejos, infelizmente o mundo em que convivemos nos priva de algumas coisas banais apenas para termos uma "reputação limpa e digna" o que para mim só à torna suja e hipócrita, enquanto não estou a prejudicar terceiros não tenho o porque me envergonhar. 
  Homens e mulheres, não sejam tão idiotas por julgar uma mulher que gosta de sexo e sabe mais que você, que vive conforme ela sente vontade. Eu gostaria de direitos iguais e de que a pessoa não nos visse apenas como pessoas que fazem sexo com quem quiser na hora que quiser. Somos mais que isso, eu sou mais que isso e tenho orgulho de ser assim. Meus julgamentos são totalmente baseados no caráter da pessoa, na forma de como ela trata o próximo, se eu não prejudico ninguém o julgamento é desnecessário. Eu não quero reprimir minhas vontades básicas por causa de um modo de vida que terceiros acham certo e que a grande maioria das pessoas seguem apenas para não terem uma reputação manchada. Eu desejo viver!

_

Poderia viver por você . Por que você sempre será a doença que carregarei pela imensidão da vida que sempre gostaria de ter mas por você nunca terei!
  Deseje-me  ao inferno, e com palavras duras e cruéis eu desejarei ainda mais estar por perto . Por que eu ainda não aceitei o fato de você não me amar.
Não será a sua morte que  fará meu coração parar de pulsar , e nem a melodia mais bonita  ira me fazer chorar. Eu me tornaria uma pedra  mas só quando eu ver que entre eu e você nunca ,jamais, em parte alguma do universo estaríamos juntos novamente .
  Mas isso é tão impossível , uma hora iremos nos encontrar novamente . Nem que seja para que nossos olhos de raio incandescentes se cruzem e formem uma tempestade.  Por que nada teria sentido se você não entrasse no meu coração e  na minha mente.
  E quando falássemos não existira palavras bonitas nem ao menos palavras mentirosas por que não é assim que tudo irá terminar. Permaneceremos na verdade e  assim você verá o quanto será eu somente eu que ira fazer o seu coração  permanecer intacto e totalmente preservado.
  Você sentirá a necessidade de que eu esteja por perto ,apenas  para que possa sentir o calor da respiração que tanto recusou ,das palavras que nunca acreditou e dos gestos que nunca aceitou.
  Você sabe que mesmo com os anos, mesmo com o tempo ,mesmo com a angustia com o temor ,sou eu que você encontrará no final . E finalmente irá compreender que é o amor!