Páginas

Quando pensam que você é uma maluca...

Não posso mentir que esse rotulo "maluca"sempre esteve na minha vida. Isso desde antes da adolescência. Lembro claramente de alguma amiga ou colega dizendo que eu tinha as respostas na ponta da língua, o que de certa forma naquela época não se tinha muitos problemas e tudo era mais fácil de dar uma solução, mesmo que momentânea.
  Sempre fui do jeito de pessoa que fala demais, demais até pro meu gosto, pois as vezes paro pra refletir e logo me vem a mente o porque de não ter ficado calada. Enfim, muitas vezes creio eu que assusto as pessoas. Acho que a primeira vista se eu não abrir a boca vão logo pensar que um guria diferente da que realmente sou, e o pior que antes eu era totalmente diferente do que sou hoje.
  Uma coisa que eu sei que não mudou em mim foi o fato de sempre ter uma opinião e ainda ser uma tagarela, mas em muitas coisas o modo de pensar mudou radicalmente. Creio eu que seja uma evolução, bom, prefiro acreditar que seja já que me sinto feliz assim.
  O fato de ser "maluca" transparece nas amizades que tenho que normalmente são pessoas opostas a mim, e assim mantenho um equilíbrio para mim e para eles.
   Bêbada, todos  que convivem comigo sabem que liberto todas as minhas loucuras e sou ainda mais depravada do que o normal. Minha falta de vergonha na cara fica extrema e o que tiver de ser feito será, ainda mais se alguém me quiser me colocar a prova de algo, faço sem a miníma vergonha.
  Eu escolhi ser dessa forma, pois me sinto livre, sinto que posso ser eu sem ter que medir palavras apenas para agradar alguém. Eu digo que se uma pessoa me conhecer, ou ela irá me amar e seremos amigos ou ela irá me odiar e não seremos nada. É o típico 8 ou 80 não tem como ser meio termo. Por mais que em algumas situações  eu não seja apropriada, para outras me encaixo perfeitamente.


Enfim, antes maluca do que censurada.

Desabafando.

Um belo desabafo meu não está em ficar choramingando com ninguém, eu prefiro escrever, eu prefiro me encontrar nas palavras, pois assim eu sei que estarei colocando de fato toda a verdade.
  Tenho levado uma vida bem diferente da que eu acreditava a uns 5 anos atrás. Não me arrependo da mudança, creio que amadureci em relação as pessoas e até a eu mesma, mas sofro um grande problema, a falta de adequação das pessoas. De uma certa forma eu acho que estou indo por um caminho onde poucas pessoas entenderiam ou não fazem questão de entender justamente por causa da própria sociedade ditar as regras de comportamento. Lembro da minha visão limitada de ter obrigação de julgar uma mulher geralmente por ser "saidinha" e obedecer os seus extintos enquanto os homens eram vangloriados pelos mesmos atos. Injusto! Passei a ter mais interesse pela minha vida de uma forma em que eu me visse feliz do que julgando as pessoas para me sentir "feliz". Eu demorei 19 anos pra saber o que é sexo, acho que quando uma mulher descobre realmente o que o sexo influencia na vida dela, creio que a visão do puritano muda. 
  A minha mudou completamente, primeiro veio a aceitação de que eu realmente gostava de sexo e gostava muito. Mas como fazer  pratica-lo sempre sem ser chamada de "puta, piranha, vagabunda" ... Não, não  namorar não é a questão, bom, para mim namoros são complicados e não sei lidar com pessoas que queiram mandar na minha vida. Nunca me vi em um namoro onde eu tenha que parar de fazer as coisas que gosto, de ter que mudar meu jeito e na maioria das vezes as atitudes só para não contrariar alguém, acho desnecessário. Se está comigo me aceite assim como sou, eu não quero mudar ninguém e não quero ser obrigada a fazer isso por que estou apaixonada. Mas voltando ao sexo, namoro só funcionaria se a pessoa tiver a mesma visão que a minha e isso para mim é muito complicado, as pessoas ainda acham que mulher santinha é somente a que serve para namorar.
  Como hoje tenho 22 anos e algumas coisas mudaram, não é querendo julgar os homens mas acho que qualquer mulher independente dela ser uma pessoa resolvida sexualmente ou acanhada sobre esses assuntos ela deve sim ser respeitada, mas normalmente isso não acontece. Eu gosto de sexo, falo abertamente sobre isso com meus amigos sejam homens ou mulheres, esconder certas coisas só lhe da o direito dos outros julgarem com mais repressão.  O que eu quero fazer as pessoas entenderem é que não é só sexo que a nossa vida é resumida, não pensamos nisso 24 horas, temos milhões de outras necessidades, trabalhamos, estudamos, somos amigos, gostamos de nos apaixonarmos e estarmos com quem gostamos sentimentalmente e muitas vezes pessoas assim são mais abertas e menos retalhadoras. Afinal, somos criaturas cheias de vontades e desejos, infelizmente o mundo em que convivemos nos priva de algumas coisas banais apenas para termos uma "reputação limpa e digna" o que para mim só à torna suja e hipócrita, enquanto não estou a prejudicar terceiros não tenho o porque me envergonhar. 
  Homens e mulheres, não sejam tão idiotas por julgar uma mulher que gosta de sexo e sabe mais que você, que vive conforme ela sente vontade. Eu gostaria de direitos iguais e de que a pessoa não nos visse apenas como pessoas que fazem sexo com quem quiser na hora que quiser. Somos mais que isso, eu sou mais que isso e tenho orgulho de ser assim. Meus julgamentos são totalmente baseados no caráter da pessoa, na forma de como ela trata o próximo, se eu não prejudico ninguém o julgamento é desnecessário. Eu não quero reprimir minhas vontades básicas por causa de um modo de vida que terceiros acham certo e que a grande maioria das pessoas seguem apenas para não terem uma reputação manchada. Eu desejo viver!

_

Poderia viver por você . Por que você sempre será a doença que carregarei pela imensidão da vida que sempre gostaria de ter mas por você nunca terei!
  Deseje-me  ao inferno, e com palavras duras e cruéis eu desejarei ainda mais estar por perto . Por que eu ainda não aceitei o fato de você não me amar.
Não será a sua morte que  fará meu coração parar de pulsar , e nem a melodia mais bonita  ira me fazer chorar. Eu me tornaria uma pedra  mas só quando eu ver que entre eu e você nunca ,jamais, em parte alguma do universo estaríamos juntos novamente .
  Mas isso é tão impossível , uma hora iremos nos encontrar novamente . Nem que seja para que nossos olhos de raio incandescentes se cruzem e formem uma tempestade.  Por que nada teria sentido se você não entrasse no meu coração e  na minha mente.
  E quando falássemos não existira palavras bonitas nem ao menos palavras mentirosas por que não é assim que tudo irá terminar. Permaneceremos na verdade e  assim você verá o quanto será eu somente eu que ira fazer o seu coração  permanecer intacto e totalmente preservado.
  Você sentirá a necessidade de que eu esteja por perto ,apenas  para que possa sentir o calor da respiração que tanto recusou ,das palavras que nunca acreditou e dos gestos que nunca aceitou.
  Você sabe que mesmo com os anos, mesmo com o tempo ,mesmo com a angustia com o temor ,sou eu que você encontrará no final . E finalmente irá compreender que é o amor!

A perda


Lembra-se daquela menina que você deixou sair de todas as formas da sua vida e não quis agarra-la nem ao menos puxa-la pela blusa para tentar impedir com palavras, talvez que fosse embora. Mas logo, logo você recuperou a consciência do que acabará de fazer, talvez o erro mais fatal da sua vida. Você recusou ao amor mais puro que já passou pela sua miserável vida. E mesmo que agora queira recuperar aquele tempo perdido, de abraços intermináveis, cansativos, mas calorosos. Você ao menos percebeu que tudo aquilo faria falta um dia. Daqueles risos idiotas e olhares que diziam tudo quando se cruzavam parecendo até telepatia. Começou a lembrar sobre aquelas noites intermináveis onde trocavam mensagens e ligavam um para o outro apenas para conversar coisas idiotas. Você vai recordando de cada momento único que passavam juntos, e mesmo que fossem poucos, mesmo que fossem muitos, eles, sim eles, eram o que faziam diferença na sua vida. Mas então, vem a declaração, aquela que te faz perder a mente, talvez o chão. Mas não, você não ama ainda para tentar impedir que vá embora, por que acha que tudo aquilo é passageiro. A amizade, essa que deveria durar! Mas acaba sendo egoísta, e renega tudo o que é dito, você magoa, faz a pessoa chorar e ela se vai. E naquele instante, ou talvez depois de cair a ficha que aquela pessoa, aquela que deu todos aqueles momentos únicos, ela possa ser a que ira te fazer sentir momentos mais que únicos durante a sua vida toda, aquela  pessoa que compartilhou sorrisos e olhares mais do que sinceros. E todas as conversas não eram desinteressantes, e os "Eu te amo" , no fim da mensagem não eram de mentira, pois amigos amam, mas você agora só percebeu isso depois da perda, depois de uma declaração que seu amor tinha se transformado. E não fazendo nada perde a pessoa que poderia ser sua pra sempre e lhe dar a melhor das felicidades. Por que é de grandes amizades que se nasce amores mais intensos e completos. Amores não dependentes de sexo, de luxuria, mas de olhares, entendimentos, compreensão. Amores sinceros, de certa maneira puros. Esses são os que duram . Os outros, são outros, eternamente passageiros e a curto prazo. E mesmo tentando explicar a magnitude de um amor, ele só pode ser explicado depois de sentido. Mas nenhuma das palavras poderá descreve-lo.

"Puta" também tem o direito de amar e casar.

Uma das coisas mais idiotas em relação a relacionamentos é quando um homem diz que  mulher "certinha" é que serve para casar. Fico me perguntando se ela é a "melhor" opção para isso apenas por não liberar suas questões sexuais e sociais a todos apenas pelo medo da sociedade à julgar mal. Se você, mulher, gosta desse padrão "Quero manter minha imagem impecável diante de todos", por favor vire uma freia. Mulher que realmente gosta de sexo não vai deixar uma opinião de uma sociedade tão retrograda afetar a confiança quando se trata de sexo.
   O grande medo do homem, muitas vezes é o fato de receber um chifre, de ver que a "mulher" dele transou com outro cara. Nós sabemos que nossa sociedade machista visa que os homens (mesmo que indiretamente) tenham meio que a "obrigação" de trair. Pois são machos e isso aumenta o status dele perante a sociedade e as mulheres (alienadas) que acham isso fantástico e colocam a culpa na namorada por não poder segurar ele.
 * Minha opinião sobre esse tipo de cara: Eu, Verônica, não admito traição. Da mesma forma que nunca traí um namorado, não me vejo no direito de ficar com alguém que tenha  um compromisso com outra pessoa. Já que não quero ser traída e defendo a causa da fidelidade e lealdade em uma relação monogâmica, por que ficaria com alguém que já seja compromissado? Desculpem as que fazem isso, mas se você não gosta de ser traída não seja hipócrita.
   Bom, homens que agem dessa forma não tem muitas chances comigo, pois eu sei que se eu me relacionar com um cara desse jeito ele irá fazer o mesmo comigo, assim como fez com a anterior. Uma coisa que digo, se quer ficar com várias pessoas ao mesmo tempo não namore. Muitos exigem respeito em uma relação, mas não fazem isso. Enfim, a fidelidade, o  respeito e a lealdade em uma relação andam cada vez mais banalizadas e sem importância. As pessoas dizem que se tem de pensar no próximo, mas o que vejo são apenas pessoas pensando em seu próprio rabo.
  Uma mulher, as vezes poder ser uma pessoa liberal, ter uma mente aberta para assuntos sexuais, saber por sua opinião e mostrar pontos sobre ela, mas muitas dessas vezes são interpretadas como putas da história, mulheres que não servem para ter um compromisso sério, pois se sabem demais podem trair. E esse é mais um  pensamento machista dos nossos homens. E então entram as "santinhas", aquelas que não abrem a boca para falar de sexo, que até abominam se isso é comentado em uma roda de amigos e isso chama a atenção de uma grande parte de homens apenas pelo fato de pensarem "Essa menina é a certa pra mim, sei que não vai me traí".  Rindo na cara desses caras!  Como eles vão saber que essa menina não irá meter um galho  na cabeça deles? Acho que eles não estão contando muito com o caráter da pessoa, na teoria isso é o correto mas na prática, bom, é diferente. Você pode ser uma mulher com um vida sexual ativa (por que você gosta de sexo), tem um parceiro ali e aqui, as vezes tem apenas um parceiro sexual mas não tem envolvimento emocional ou um compromisso formal, mas só pelo fato de você "dar" pra ele, os outros irão te condenar. TRISTE!
   Queridos homens, vocês estão tendo uma opinião muito ruim sobre nós mulheres que entendem pouco ou muito sobre sexo e que não tem vergonha de falar sobre isso abertamente com vocês. Pessoas são pessoas, sejam elas "putas" ou "santinhas", o que define elas são o seu caráter. Conheço muitas "santinhas" que bancam as donas da verdades sobre aquelas que não tem vergonha de serem o que são, mas metem chifre em seus namorados ou maridos. Do mesmo jeito que muitas " putas" que conheço quando começam a namorar dedicam-se  a pessoa com quem estão em faze-las felizes e não traindo-as. Mas não vou generalizar, pois como disse pessoas são pessoas então não generalizem quando encontrarem um mulher nesse perfil. Além de terem um ótima companheira sexual garanto que irão ter uma relação muito mais verdadeira. Quem esconde muito e quem faz muito "tipinho" podem ter certeza, não vai prestar mesmo.
  Respeito, seja de ambos, tanto homem quanto mulher. Uma relação quando começa com o  respeito mútuo, logo parte para a lealdade e a fidelidade. Sabemos que somos humanos, e que muitas vezes podemos nos sentir atraídos por outras pessoas quando estamos em uma relação monogâmica, mas cabe a você, sim você  decidir se vale a pena trair a pessoa com quem está, pois quando isso acontece, o  respeito, a lealdade e a fidelidade não existem mais. Somos animais, mas somos racionais, pensamos e sabemos o que é certo ou errado, se você quer manter o erro não espere o melhor da outra pessoa também. Pois afinal, você não tem direito.

  Eu sou uma mulher louca por sexo, do mesmo jeito que tenho fascinação em me apaixonar e encontrar alguém que compartilhe esse mesmo sentimento comigo. O respeito é algo que valorizo, eu me entrego a pessoa  quando estou em um relacionamento monogâmico e espero o mesmo dela. Minha meta sempre é fazer o outro feliz para poder assim também ser. Então não pensem que garotas como eu, que gostam de expressar sua opinião sobre sexo, que sejam resolvidas, que sabem mostrar o que gostam e o que não gostam pra você, seja apenas uma mulher para diversão e não devem ser levadas a sério. Como todas, temos sentimentos, se nós conversamos com vocês sobre isso é por que muitas das vezes gostaríamos de estar dessa forma com vocês. Nós também amamos, não voltem ao passado aprendam que um julgamento deve vir principalmente sobre como as pessoas  vêem as outras e se elas tem mesmo pensado no próximo como se fossem elas mesmas. Essas sim são valiosas!